Boletim Jurídico – Publicações OnLine

Boletim Jurídico – Publicações OnLine
Geral / Notícias

Em apreciação no CFOAB, Publicidade no Novo Código de Ética será debatida na OAB/SC

201507231537420A Publicidade no Novo Código de Ética e Disciplina será o tema da VII Assembleia Itinerante da Comissão do Jovem Advogado da OAB/SC, que ocorre na próxima terça-feira (28), às 19 horas, no auditório da Seccional. O Novo Código de Ética está sendo votado no Conselho Federal da OAB. A parte que trata da publicidade será votada em sessão extraordinária no dia 16 de agosto. O debate na Seccional é aberto a todos os advogados e não requer inscrição prévia.

Participarão o criador do Portal Exame de Ordem e advogado no Distrito Federal, Maurício Gieseler; o conselheiro federal por Santa Catarina Robinson Conti Kramer; a Secretária-Geral Adjunta da OAB/SC e Corregedora do TED, Sandra Krieger; e o Presidente da Comissão de Direito Digital da OAB/SC, José Vitor Lopes e Silva.

Em entrevista ao advogado Maurício Gieseler, publicada no Portal Exame de Ordem, o presidente da OAB/SC, Tullo Cavallazzi Filho, abordou o assunto. “A questão da publicidade na advocacia sempre gerou muita controvérsia, mas penso que a linha mestra de nosso Código de Ética ainda é muito boa, porque visa coibir desvios e abusos. Esse é o ponto central. Proibir a autopromoção, a citação de atuações precedentes e meios de captação de clientela é uma defesa para o exercício ético da advocacia. Porém, é inegável que a jovem advocacia dispõe e utiliza de mecanismos modernos, como sítios e redes sociais. Se houver vedação integral de utilização desses mecanismos a jovem advocacia será prejudicada. Aos advogados, jovens ou não, deve-se restringir o conteúdo, que deve ser ético e não pode ter intuito de captar clientela, mas não a proibição de ferramentas que permitam a apresentação de seus escritórios”, avaliou. Para ler a íntegra da entrevista, clique aqui.

O projeto Assembleia Itinerantes, da Comissão do Jovem Advogado, já contou com outras seis edições em todo o Estado. Nas últimas edições, foram discutidas a tabela de diligências e a parte da publicidade do Novo Código de Ética, com ênfase no uso de redes sociais e ferramentas da internet.

FONTE: Assessoria de Comunicação da OAB/SC


Vantagens Publicações Online

Siga nosso twitter Acesse nosso facebook Fale Conosco